Falta um pouco menos de um mês pra eu pedir demissão do mar, e me vem que não é certo que eu tenha um salário depois disso. Porcas promessas. Posso tentar fazer uns extras no museu, que tal? Trabalhar mais solto, ganhar pouco. Quem sabe não me sinta livre, mesmo que não? Pelo menos senti:

cavalo parado no pasto. Sem sela. Enquanto isso aguardo a soltura, penso em mim. E só.